COMISSÃO PARA A AÇÃO SOCIAL TRANSFORMADORA

Faz escuro mas eu canto, porque a manhã vai chegar. Vem ver comigo, companheiro,
a cor do mundo mudar. Vale a pena não dormir para esperar a cor do mundo mudar.
Já é madrugada, vem o sol, quero alegria, que é para esquecer o que eu sofria.
Quem sofre fica acordado defendendo o coração. Vamos juntos, multidão, trabalhar pela alegria, amanhã é um novo dia.

Thiago de Mello

 

Com esse poema de Thiago de Mello a Pastoral do Menor começou sua partilha sobre a caminhada da Pastoral no Regional. A reunião ocorrida na manhã do dia (12) foi realizada na sede da CNBB, em Fortaleza,  congregando os membros da Comissão para Ação Social Transformadora do Regional. Presentes estavam: Cáritas Regional, Pastoral da Sobriedade, Pastoral do Menor, Pastoral da Aids, Setor de Juventude da Arquidiocese de Fortaleza, Conselho Pastoral da Terra, Conselho Pastoral dos Pescadores, Pastoral da Criança, Pastoral da Comunicação, Pastoral da Pessoa Idosa, representantes diocesanos, Conselho Nacional de Leigos do Brasil, Comissão Brasileira de Justiça e Paz, Centro de Defesa da Arquidiocese entre outros. Estiveram participando dessa reunião a senhora Rosália Alencar Alves (secretária executiva do Regional) e o bispo referencial da Comissão, dom André Vital Félix da Silva.

A reunião teve como pauta: Encontro sobre incidência política/ assembleia; Grito dos Excluídos; VI Semana Social Brasileira; Romaria da Terra entre outros assuntos abordados pela plenária.

Dom André ressalta a importância desses momentos de partilha e reflexão para o crescimento das pastorais sociais no Regional: “a partir do que foi colocado temos mais coisas positivas do que desmotivadoras. Essas experiências concretas, pequenas coisas, pequenas iniciativas, isso nos anima. Uma troca de experiência mútua. Ver o caminhar de outras pastorais, dentro de uma visão comum: a fé cristã”. No que se refere aos desafios, dom Vital, nos diz: “o desafio é muito grande para o bispo referencial. Exige um envolvimento mais efetivo e atento aos vários segmentos dessa comissão”.

Irmã Rosália enfatiza que a Comissão vive a experiência da “pastoral do conjunto, onde é visível, em nosso Regional, principalmente, no que tange as trocas de experiências e o construir na coletividade das Pastorais Sociais”.

Dos números encaminhamentos da pauta pode se destacado a Assembleia das Pastorais Sociais, a ser realizada em outubro, na cidade de Fortaleza e a construção do Plano de Incidência Política das Pastorais Sociais do Regional.

Mais imagens: https://www.facebook.com/pg/cnbbne1/photos/?tab=album&album_id=896572447375695

Por: Alex Ferreira – Setor de Comunicação do Regional

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »